Resenhada: A Prisão do Rei – Victoria Aveyard

canva-photo-editor (51)

Vocês lembram da série A Rainha Vermelha?
Pois é meus queridos, já saiu o livro coletânea da história, e eu estou aqui (só um pouquinho atrasada) para falar sobre o terceiro livro da série: A Prisão do Rei.

Láááá em 2016 eu falei sobre os dois primeiros volumes da série, dando uma introdução da história (com e sem spoilers), e também falando do volume que saiu com os contos extras. Você pode ler o post com as resenhas de A Rainha Vermelha, Espada de Vidro, e Coroa Cruel clicando aqui.

canva-photo-editor (58)

Demorei muito para escrever essa resenha por motivos de: não sei lidar com términos de sagas / séries e recentemente eu terminei o último volume Tempestade de Guerra (prometo que em breve trago a resenha final por aqui).

ATENÇÃO!
A PARTIR DESTE MOMENTO ESTA RESENHA PODE CONTER SPOILERS!

Maaaaas, falando sobre o terceiro volume A Prisão do Rei, Mare Barrow não está nos melhores dias já que foi capturada, e esta completamente impotente sem o seu poder. Maven está no controle de Norta e Elara segue com os planos implantados na mente do jovem Rei. Mare está em uma situação onde é, usada por Maven em sua propaganda política para intermediar a rebelião vermelha e a guerra civil que está prestes a explodir durante seu reinado.

Maven não é o tipo de Rei que seus aliados e seu povo esperavam. Ele consegue ludibriar todos durante a história, e faz com que você fique em um misto de amor e ódio. Confesso que diversas vezes estive com o coração na mão pelos acontecimentos relacionados a ele, Cal, e seu suposto amor por Mare. Mas não se deixe enganar, já que o novo rei pode ser ardiloso e traiçoeiro.

O pau ta comendo no contexto geral, e a Guarda Escarlate também está se movimentando e se organizando para uma expansão de sua tropa. A rebelião iniciada ganha cada vez mais força, e então decidem que finalmente está na hora de parar de agir no escuro.

canva-photo-editor (52)
Iniciei essa leitura com muita expectativa sobre Cal. Já que ele deveria seguir o caminho junto a Guarda Escarlate e também lutar pela vida de Mare.
O desfecho de Cal e Mare é COMPLETAMENTE fora da curva, preparem-se!

A trama foi bem escrita, tirando as partes da personagem Cameron, que acabava com o meu dia.
Cameron se trata de uma personagem muito bad vibe, rancorosa e difícil de realizar uma evolução. Dá a sensação de ficar patinando nos capítulos dela, dá uma broxada legal.

Evangeline foi uma personagem que me surpreendeu MUITO durante a história.
Nos primeiros livros você não tem uma visão profunda da personagem, e acaba alimentando um ódio profundo por ela. No terceiro volume ela acaba chegando realmente ao holofote e tomando seu coração de forma gloriosa.

Eu realmente sou suspeita para falar, mas eu gosto muito do formato de escrita da Victoria Aveyard. Ela é simples, direta, e a divisão de capítulos contada por cada um dos personagens acaba amarrando e dando outros visuais da história. Traz uma fluidez na leitura, e te prende durante toda a trama.

canva-photo-editor (59)
Para um livro de 500 páginas, consegui terminar tecnicamente rápido  (li em aproximadamente 2 semanas, considerando poucas horas de leitura por dia).

A Prisão do Rei se trata de um livro estratégico para a série, pois é o volume onde as batalhas épicas acontecem, alianças políticas são criadas para logo na sequência serem destruídas, traições e amizades inesperadas acontecem… fora o romance.

canva-photo-editor (60)
O desfecho do livro da um boom enorme na história, já que se trata de algo que você não espera – e juro que me lembrou muito as histórias de Tio George Martin! hahaha
Não foi decepcionante, mas sim revigorante, e te deixa com uma vontade imensa de ler a continuação.

Mare Barrow não se trata apenas da garota elétrica, ela é só a ponta do iceberg.
Alô pessoas, qual o real motivo de não transformarem essa série em filme?

canva-photo-editor (54)

“O peso esmagador do silêncio pende pesado como sempre. Por um momento, é difícil demais respirar e me pergunto se é assim que morro. Afogada nessa cama de seda, queimada pela obsessão de um rei, sufocada pelo ar livre.”

Gostou da resenha de “A Prisão do Rei”?
Não esquece de curtir, comentar e fortalecer o trabalho da amiguinha! =)

Ta afim de comprar?
Só clicar no nome do título que tem interesse:

A Rainha Vermelha
A Espada de Vidro
Coroa Cruel
A Prisão do Rei

E não me esquece nas redes-sociais! =]

Instagram: @lulisproject
Facebook: /lulisproject

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s