[LP INDICA] Você conhece Mike Shinoda?

1

Hello Folks!

Hoje quero compartilhar sobre um artista EXTREMAMENTE presente na minha vida.
Já falei / comentei sobre ele absolutamente com TODO MUNDO que me conhece – então, se você está pensando nesse momento “será?”, essa é a prova de que você
NÃO PRESTOU ATENÇÃO QUANDO EU FALEI NÉ! =)
Mas ok! Vou te dar uma colher de chá, e com muito prazer vou te apresentar Mike Shinoda, mostrando um pouco de seu trabalho em Post Traumatic, e contando também um pouco sobre os últimos lançamentos dele!

13

Michael Kenji “Mike” Shinoda nasceu em Los Angeles. Seu pai é descendente de japoneses – sendo Mike a terceira geração fora do Japão. Ele estudou piano clássico e Jazz por 10 anos, e desde que se entende por gente sabe que faz desenhos e usa muito a criatividade.
Músico, produtor musical, e artista. Conhecido como vocalista, rapper, compositor e multi-instrumentista da banda estadunidense Linkin Park. Também tem um projeto paralelo chamado Fort Minor, voltado para o Hip Hop.
Fora da música, Shinoda é um artista e designer gráfico. Ele pintou diversas obras, algumas das quais foram apresentadas no Museu Nacional Japonês Americano – uma exposição que aconteceu em 2010.
Existem muitos músicos que pintam e são extremamente criativos e relevantes com sua arte. Mas acredito que Mike facilmente poderia ser um pintor que canta. Sua arte tem tanta relevância quanto sua música.

12

Falando sobre a vida de Mike dentro do Linkin Park, muitos sabem sobre a banda, mas outros não entendem como tudo começou e como Mike penou no decorrer dos primeiros anos.
Com certeza foi uma parte foda, já que ele estudava Artes e Design na faculdade na cidade de Pasadena, e durante a noite gravava e se dedicava a banda. Eu lembro de ter visto em alguma entrevista ou reportagem sobre o Linkin Park que muitas vezes o Mike dormia em um sofá no local de trampo, e meio que já acordava trabalhando. Acho que isso demonstra o que o conceito de propósito quer dizer né?

3

Acredito que mais ou menos 40% da minha paixão por design vem de uma forma indireta relacionada com os trabalhos do Mike.
Lembro que em 2000 quando Hybrid Theory foi lançado, meus primos me apresentaram o som do Linkin Park, e eu fiquei bem apaixonada pela música e também pela arte do CD. Pela capa (que tiveram as asas do soldado desenhadas pelo Mike) e pelas cores, e fiquei me questionando na época (com os meus 7 anos de idade) como aquilo tinha sido feito. Talvez não com a clareza de hoje, talvez eu tenha despertado a minha curiosidade pelas artes naquela época, e indiretamente por conta da arte do Mike.
Lembro que minhas evidências de linha artística ficaram mais claras em 2003 com o lançamento do Meteora, que tem um grafiteiro na capa com uma máscara. Eu lembro que o cenário me despertou MUITO a curiosidade de como ser daquele jeito, como fazer aquilo. Lembro como “Easier To Run” foi uma música que mexeu comigo e como Mike esteve presente na minha vida desde então.
Eu sempre acompanhei (dentro do possível) tudo o que a banda lançava, e sempre foi um choque e um estímulo de criatividade como eles conseguiam se renovar mesmo dentro da própria bolha.
Era louco como as coisas sempre se tornaram palpáveis pra mim quando se tratava de Linkin Park.  Eles me mostraram no decorrer dos anos como dentro de uma única caixa existe um mundo de possibilidades.
E agradeço imensamente ao Mike por ter me despertado essa paixão pelo design, pela música, e pelas artes. No final eu acabei vendo que Linkin Park era uma frente de um artista que tinha muito mais para desenvolver e nos apresentar – e com isso, me inspirar mais e me fazer querer melhorar em tudo aquilo que eu crio.

16

Em 25 de Janeiro de 2018, Mike lançou três canções intituladas como “Post Traumatic”. Que seriam direcionamentos de seus sentimentos em relação a morte de Chester Bennington em 2017.
Em Junho de 2018, Mike lançou o álbum de Post Traumatic, com direito a combo para os fãs com livro de arte e camiseta (esse mesmo combo é o que se encontra nas fotos).
E eu, lógico, comprei na primeira oportunidade que tive (torcendo ainda para que a minha versão fosse a premiada com autógrafo e mais desenhos dele).

4
Em 2020, Mike novamente se reinventou.. dessa vez dentro do cenário de uma pandemia mundial!
Sempre ligado aos games, ele acabou criando seu canal dentro da Twitch, e isso foi um gatilho não só para compartilhar suas jogatinas dentro do Animal Crossing. Como também trouxe mais aproximação do Mike com a comunidade de fãs.
Algo que já havia sido enlaçado durante o processo de produção de muitos conteúdos do Post Traumatic – como o vídeo de Crossing A Line, onde ele chamou os fãs para gravar com ele em Los Angeles.
Você pode assistir o resultado da gravação na sequência. =)
Obs.: Inclusive tinha um doguinho na gravação desse vídeo e tem um meme incrível dele rolando no twitter. hahaha

Junto com a pandemia, fãs, jogos, e suas artes, Mike acabou começando a materializar novos sons e dividir com todos durante suas lives.
A aprovação foi tanta que isso rendeu dois novos álbuns e um clipe com fãs!
“Open Door” é uma música feita em live, onde o Mike pediu ajuda de vozes, e seus fãs atenderam ao pedido!
Você pode ver o resultado de “Open Door” na sequência! =)
Obs.: Sempre que eu vejo esse vídeo eu dou uma suada pelos olhos e fico orgulhosa DEMAIS!

No dia 10 de Julho Mike lançou em todas as plataformas o Dropped Frames Vol. 1, e no dia 31 de Julho o Dropped Frames Vol. 2.
Os dois volumes tratam de álbuns com músicas instrumentais, algo que o Mike diz ter sido extremamente orgânico. E em pesquisas de conteúdo na internet, acabei achando uma entrevista do Mike falando que pode até render um volume 3!

Como sempre, digo que sou extremamente suspeita para falar do trabalho dele, pois como muitos já viram eu sou fã.
Mas o trabalho está impecável, e é extremamente LOUCO ver como o Mike consegue ser criativo, e essa criatividade simplesmente flui dele.

Se você busca uma nova referência tanto no meio da música quanto no meio das artes, acho que você encontrou um forte candidato! =)

Inclusive… Mike, por quê não a presidência dos EUA? hahahaha
Eu votaria em você se fosse uma cidadã americana, isso é um fato!
Obs.: Mike sempre deixou claro o posicionamento político dele, mas sempre fez questão de deixar claro o respeito pelas opiniões diversas, enquanto isso não interferir no direito de outras pessoas.
Recentemente tive contato com uma entrevista dele onde diz que sua própria família tem um pensamento conservador.
Nada como a experiência de viver neste meio, para entender e aprender a respeitar as diferenças não é mesmo? =)

10

Para finalizar este post, quero deixar algumas fotos que produzi com os conteúdos que comprei do Post Traumatic.
Descobri e ando aprimorando essa minha skill de fotógrafa desde o começo do blog, e confesso que fotografar objetos que me remetem bons momentos (como a compra desse combo do Mike) me deixa muito inspirada, e com mais vontade de produzir.
Acho que estou chegando em uma conclusão sobre coisas que eu gosto de fazer, e sobre propósito. Mas vou deixar esse papo para uma outra hora. hahaha

15

18

8

2
14

É isso, espero que tenham gostado do post! =)
Se você curte, acompanha, ou ficou curioso com o trabalho do Mike, não esquece de deixar seu comentário sobre!
Além de publicar seus pensamentos, acaba me inspirando para produzir mais conteúdos como esse! =)

Vou aproveitar e deixar também o link com os CDs novos do Mike, e também uma playlist do Fort Minor para quem não conhece (o que eu acho muuuuito difícil, mas muita gente pode não ter associado o artista junto a música).
Enjoy!

Fort Minor
Post Traumatic
Dropped Frames, Vol. 1
Dropped Frames, Vol. 2

xoxo;

Instagram: @lulisproject
Facebook: /lulisproject
Youtube: Luana Modesti

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s