RESENHA: CLÃ DOS MAGOS – TRUDI CANAVAN

Em Imardin, todos os anos os magos se reúnem para realizar a purificação da cidade. Durante muitos anos os criminosos, pedintes, e moradores de rua fogem dos magos durante este período do ano.

Alguns jovens como Sonea são contra o ritual da purificação e contra os magos, já que os mesmos são truculentos, e sabem do poder que possuem e acabam se aproveitando disso.
Durante os rituais de purificação, os magos utilizam seus poderes para não só expulsar a multidão da cidade. Mas utilizam também para se proteger com um escudo protetor.

Mas, como tudo na vida.. talvez este escudo tenha seu ponto fraco.

Quando Sonea em seu momento de indignação lança uma pedra em direção aos magos, e perfura o escudo protetor deles, ela sente algo indescritível.
E um medo que jamais sentiu antes, pois sabe que sua vida irá mudar drasticamente, e ficará de ponta cabeça.

Clã dos Magos é o primeiro livro da Trilogia Mago Negro, da autora Trudi Canavan. Lançado em 2012 e com 446 páginas, confesso que desde quando ganhei esta coleção eu olhava com preguiça para os volumes na estante, mas com certa curiosidade por saber que se tratava de uma fantasia.

Com um trabalho gráfico bem bonito, os livros são chamativos.
Talvez hoje em dia eu tenha um apreço maior pela obra em si – após algumas semanas digerindo a história e lendo algumas resenhas com opiniões bem distintas sobre a narrativa.

Uma coisa é certa, 90% das resenhas e vídeos que eu estudei até a criação desta resenha possuem um ponto em comum: Todos falam em como o começo deste livro é LENTO.
Não pense que isso torna a obra ruim em sua totalidade, mas é um ponto de atenção e também um ponto de calibragem para o hype de quem ainda não leu.

Quando comecei a ler O Clã dos Magos, não pensei que a leitura fosse ser fácil ou fluída, pois se trata de uma fantasia – como mencionei anteriormente. E pelas experiências que eu já tive com esse tipo de leitura, não acredito que a maioria dos livros do gênero possuem uma leitura rápida pelo simples fato de ter muitos detalhes e ser necessário uma escrita completa.
Detalhes de construção de ambientação, de personagens, e etc. Isso faz parte do nicho de fantasia.

Mas o começo de Clã dos Magos não é arrastado por esse motivo.
Eu não sei exatamente qual o motivo que me faz ter essa sensação. Não sei se foi a construção da Sonea que não me cativou, se são os personagens secundários que me irritam um pouco pela insegurança e inocência. Ou se pelo fato da história ser em terceira pessoa.
No final, vamos deixar aqui registrado que minha inquietação é um conjunto de fatores. Mas isso não se sobressai em comparação ao lado bom da história.

Sobre os personagens, posso dizer que Sonea tem um desenvolvimento e crescimento durante a história BEEEEEM interessante. Gosto (apenas isso mesmo: GOSTO) de Cery, pois ele me irrita junto com os outros amigos de longa data de Sonea.
Todos esses personagens secundários da turminha de Sonea se mostram extremamente inseguros, e ao mesmo tempo inocentes. Eles não possuem objetivos concretos, e no final ficam totalmente apagados, perdendo o propósito de aparecimento no começo da história.

Gosto MUITO de Rother e Dannyl, mas acredito que em um determinado momento da história, a autora perdeu a mão na quantidade de magos que incluiu e isso me fez perder o foco em quem era quem. Fiquei confusa com a quantidade de nomes e pessoas que BROTAVAM na história.
Não sei se o desenvolvimento dos nomes que apareceram ali no final da história irá acontecer nos próximos livros, estou torcendo para que isso aconteça.
Aparentemente os magos possuem um peso ENORME na história, e o potencial de escrita no nicho é absurdo. Ela precisa aproveitar isso.

O Clã dos Magos se trata de uma história high-fantasy, e o mundo que foi desenvolvido para a trama existe dentro de um sistema de monarquia.
O fato dessa monarquia não aparecer em nenhum momento e apenas ser citada me deixou um pouco desconfiada. Mas em contrapartida gostei MUITO do desenvolvimento de classes dentro do Clã.
Estou dando um desconto, pois pelo final do primeiro volume isso claramente será desenvolvido nos próximos livros.

Em conclusão, toda história precisa ter começo, meio e fim com consistência, ou pelo menos seguir o mesmo passo de desenvolvimento.
O começo da história foi bem devagar, com um meio que teve um desenvolvimento crescente, e um fim que foi rápido demais.
Aparentemente as três partes da história não foram balanceadas.
O começo foi uma escrita que tentava criar um clima para descobertas interessantes que temos no meio, mas não foi efetiva. E com isso, todos os acontecimentos do final parecem corridos, pois acontece MUITA coisa ao mesmo tempo, e parece que estamos falando de anos de diferença de uma parte para outra do livro sabe?
É confuso.

A parte de desenvolvimento de pensamento de cada personagem é bem bacana e você consegue – levemente – se conectar com eles. Independente do livro ser escrito em terceira pessoa, no final os sentimentos de cada personagem ficam claros para o leitor, e algumas descobertas realmente te deixam com uma sensação de desconforto.
A conexão demora, mas ela acontece!

Para finalizar, eu recomendo sim a leitura do primeiro volume, mas com as ressalvas mencionadas e uma boa calibrada na expectativa.
Muito das ressalvas mencionadas podem ser pensadas como erros de principiante, e vamos dar uma chance para a Trudi Canavan! hahaha

E você, já leu a Trilogia do Mago Negro?
Se a resposta for sim, não esquece de deixar um comentário falando se concorda ou quais são seus pontos em relação a leitura!
Vai ser muito bom ter seus pensamentos por aqui!

Se você ficou curioso e quiser comprar, vou deixar o meu link da Amazon.
Comprando pelo meu link, você me ajuda a manter o blog com uma pequena comissão! =)

O Clã dos Magos

Gostou da resenha de “O Clã dos Magos”?
Não esquece de curtir, comentar e fortalecer o trabalho da amiguinha! =)

E não me esquece nas redes-sociais! =]

Instagram: @lulisproject
Facebook: /lulisproject
Youtube: Luana Modesti

Obrigada por ler! =]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s