Resenhada: Roube Como Um Artista – O Diário

PhotoGrid_1466310346345
Autor: 
Austin Kleon
Número de páginas: 224
Editora: Rocco
Ano de publicação: 2015

PhotoGrid_1466310459288
Sempre fui uma pessoa criativa, sempre gostei de estimular minha criatividade e usa-la em coisas aleatórias. Mas depois que conheci Austin Kleon (sim, aquele do Roube Como Um Artista) eu acabei virando uma cleptomaníaca criativa. Vivo com um caderninho na bolsa, e com a câmera do celular à postos. Pronta para roubar alguma coisa das ruas de São Paulo ou anotar algo que ouvi alguém falando no ônibus.
Devo tudo isso ao Austin. Um designer que me inspira muito, e já virou membro da minha árvore genealógica de pessoas inspiradoras.

PhotoGrid_1466310416807
A algum tempo ele lançou mais um livro e a editora Rocco não perdeu tempo e publicou aqui no Brasil com o nome de: Roube Como Um Artista – O Diário.
O livro consiste em uma série de exercícios para a criatividade e que ajudam a matar o tempo.
Ele incentiva o leitor a praticar a observação sobre ele mesmo, sobre o mundo ao seu redor e as coisas que acontecem no cotidiano. E assim, tendo os exercícios prontos na sua mão, não tem desculpa para não faze-los e exercitar a criatividade.

PhotoGrid_1466310508713

Como sou apaixonada por Design e coisas criativas, acabei me apaixonando pelo trabalho do Austin e pela forma como ele lida com as formas de criar. E Roube Como Um Artista – O Diário lista diversas tarefas, desde aquilo que te assusta, até fazer um voto de silêncio por dia – que parece ser bem fácil – e te instiga a ser mais produtivo durante o dia.
Eu ganhei o meu e fiquei bastante tempo sem abrir ele, mas agora comecei a fazer minhas tarefas e estou super animada com o resultado. Queria compartilhar com vocês essa nova atividade! ❤

PhotoGrid_1466310596604
Se você ainda não viu, eu já publiquei aqui no blog uma lista com as coisas que aprendi com Austin Kleon. Você pode ver essa publicação clicando aqui.

Caso você tenha se interessado nos exercícios, você pode comprar o livro clicando aqui.

Indico para todos os públicos, principalmente os amantes de papel e coisinhas criativas! ❤

Nota: 10/10

PhotoGrid_1466310830379

Gostou do post? Deixe seu comentário e não esquece de compartilhar com os amigos!!

E não me esquece nas redes-sociais!

Instagram: @lubismodesti
Facebook: /lulisproject
SnapChat: Lubismodesti

Anúncios

15 coisas que roubei de Austin Kleon.

PhotoGrid_1441575257804
Quando descobri esse livro, fiquei bem entusiasmada com ele. E posso dizer que ele superou todas as minhas expectativas. Hoje é meu livro companheiro, que sempre está na minha mesa de trabalho ou cabeceira da cama. Ele é inspirador, animador, te traz boas ideias e renova todas as suas energias. Posso dizer que Austin Kleon criou a “bíblia dos artistas”, onde eles buscam sua força e encontram sempre uma resposta as suas necessidades, hahaha. É pelo menos assim que eu me sinto quando pego o “Roube como um artista” nas mãos.
Espero que esse post te convença a comprar o livro e sentir a mesma coisa que eu quanto aos ensinamentos de Austin.

PhotoGrid_1441575312716
01 – “Poetas imaturos imitam; poetas maduros roubam; poetas ruins desfiguram o que pegam e poetas bons transformam em algo melhor, ou pelo menos diferente. O bom poeta amalgama o seu furto a um conjunto sensível que é único, completamente diferente daquele de onde foi removido.” – T. S. Eliot

PhotoGrid_1441575356278
02 – “Todo artista é um colecionador. Não um acumulador, há uma diferença: acumuladores colecionam indiscriminadamente, artistas colecionam seletivamente. Eles colecionam apenas coisas que realmente amam.”

PhotoGrid_1441575418053
03 –
“Roube qualquer coisa que ressoe em você, que inspire ou abasteça sua imaginação. Devore filmes antigos, filmes novos, música, livros, pinturas, fotografias, poemas, sonhos, conversas aleatórias, arquitetura, pontes, sinais de rua, árvores, nuvens, bacias hidrográficas, luz e sombras. Para roubar, selecione apenas coisas que falam diretamente à sua alma. Se você assim fizer, seu trabalho (e furto) será autêntico.” – Jim Jarmusch

PhotoGrid_1441575467750
04 – “[…]Marcel Duchamp dizia: ‘Eu não acredito em arte. Acredito em artistas.’  Esse é um método realmente muito bom de estudo – se você tentar devorar a história da sua disciplina de uma vez só, vai engasgar.
Em vez disso, mastigue um pensador – escritor, artista, ativista, alguém exemplar – que você realmente ame. Estude tudo que há para se conhecer sobre esse pensador. Em seguida, encontre três pessoas que esse pensador amou e descubra tudo sobre elas.[…]”

PhotoGrid_1441575501175
05 – “[…]Escola é uma coisa. Educação é outra. As duas nem sempre se sobrepõem. Estando ou não na escola, é sempre sua tarefa melhorar sua educação. 
Você tem que ser curioso com relação ao mundo em que vive. Confira. Investigue cada referência. Vá mais fundo do que qualquer outro – é assim que você irá em frente.
Dê um Google em tudo. Mesmo. Dê um Google nos seus sonhos, nos seus problemas. Não faça uma pergunta antes de você dar um Google nela. Você vai encontrar a resposta ou vai acabar esbarrando numa pergunta melhor.[…]”

06 – “[…] Colecione livros, mesmo que não planeje lê-los no momento.
O cineasta John Waters falou: ‘Nada é mais importante do que uma biblioteca não lida.'[…]”

PhotoGrid_1441575537054
07 – ” […] Minha cartunista favorita, Lynda Barry, tem esse ditado: ‘Em nossa era digital, não esqueça de usar suas digitais!’
Suas mãos são os dispositivos digitais originais. Use-as.[…]
Observe pessoas usando o camputador. Elas ficam tão paradas. tão imóveis. Não é preciso um estudo científico (e há vários deles) para dizer que sentar em frente a um computador o dia inteiro está matando você, e matando seu trabalho. Precisamos nos mover, para sentir que estamos fazendo algo com nossos corpos, não só com nossas cabeças.
Trabalho que vem só da mente não é nada bom. […]”

PhotoGrid_1441575662436
08 – “Pratique a procrastinação produtiva.
Reserve um tempo para fica entediado. Uma vez escutei um colega de trabalho dizer: ‘Quando fico muito ocupado, fico idiota.’ Totalmente de acordo. Pessoas criativas precisam de tempo para sentar e não fazer nada. Tenho algumas das minhas melhores ideias quando estou entediado, e é por isso que nunca levo minhas camisas para a lavanderia. Eu adoro passar minhas camisas – é tão entendiante que quase sempre gera em mim boas ideias. Se está sem ideias, lave a louça. Faça uma longa caminhada. Fique olhando para um ponto na parede o máximo de tempo que puder. Como a artista Maira Kalman diz: ‘Evitar trabalho é a maneira de focar minha mente.'[…]”

PhotoGrid_1441575688137
09 – “[…] Aprenda a mexer com códigos. Entenda como fazer um site. Entenda como blogar. Entenda o Twitter, as mídias sociais e todas essas coisas. Encontre pessoas na internet que amem as mesmas coisas que você e conecte-se a elas. Compartilhe coisas com elas.
Você não tem que compartilhar tudo –  na verdade, ás vezes é melhor não. Mostre apenas um pouco do que está fazendo. Compartilhe um esboço, um rabisco ou fragmento. Compartilhe um vislumbre do seu processo. Pense sobre o que você tem a compartilhar que seria de valor para as pessoas. Compartilhe uma dica conveniente que você aprendeu trabalhando. Ou um link para um artigo interessante. Mencione um livro bom que você estaria lendo.
Se você está preocupado em entregar seus segredos, pode compartilhar seus pontos sem fazer a conexão entre eles. É o seu dedo que aperta o botão para publicação. […]”

PhotoGrid_1441575761801
10 – “Distância e diferença são o tônico secreto da criatividade. Quando chegamos em casa, a casa continua a mesma. Mas algo em nossa mente mudou, e isso altera tudo.” – Jonah Lehrer

PhotoGrid_1441575801502
11 – “Faça amigos, ignore inimigos.”

PhotoGrid_1441575842644
12 – “[…] Você vai ver muita coisa estúpida lá fora e sentirá que precisa corrigi-las. Uma vez eu estava tarde da noite no meu laptop e minha mulher gritou: ‘Pare de procurar briga no Twitter e vá fazer alguma coisa!’
Ela estava certa. Mas o ódio é uma das minhas fontes criativas favoritas.[…] Mas ao invés de gastar minha raiva reclamando ou partindo para cima das pessoas, tento canalizá-la para minha escrita e meus desenhos[…]”

13 – […] Nessa era de abundância e sobrecarga de informação, aqueles que estarão a frente serão aqueles que souberem o que deixar de fora, para assim poderem se concentrar no que é realmente importante. Nada é mais paralisante do que a ideia de possibilidades ilimitadas. A ideia de que você pode fazer qualquer coisa é apavorante. […]”

PhotoGrid_1441575864695
14 – “Alguns conselhos podem ter falhas.”

PhotoGrid_1441575919481
15 – “Seja tão generoso quando puder, mas egoísta o suficiente para terminar seu trabalho.”

PhotoGrid_1441575943332

Gostou da minha lista de furtos? Deixe seu comentário e não esquece de compartilhar com os amigos!!

E não me esquece nas redes-sociais!

Instagram: @lubismodesti
Facebook: /lulisproject
SnapChat: Lubismodesti